ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Missa na Catedral Metropolitana marca início do Ano Nacional do Laicato - por Pe. Andrey Nicioli


Um missa na Catedral Matropolitana na manhã deste domingo (26) marcou o início da celebração do Ano Nacional do Laicato na Arquidiocese de Pouso Alegre. Presidida pelo Arcebispo, Dom José Luiz Majella Delgado - C.Ss.R., recebeu representantes dos setores pastorais da Arquidiocese. Como símbolo dessa abertura, um banner será enviado para cada Setor Pastoral da Arquidiocese. o Ano do Laicato que terá como tema “Cristãos Leigos e Leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema “Sal da Terra e Luz do Mundo”. O Cura da Catedral, Cônigo Vonilton Augusto Ferreira, concelebrou a Eucaristia. 

Em sua homilia, Dom Majella reforçou que a vocação leiga deve ser contagiante, encontrando sua força e fundamento na Eucaristia. 

"Leigos, sejam sal da terra e a luz do mundo no ambiente onde vivem. Esta é a preocupação que dseejo nesse ano do laicato. Fortalecer a identidade do leigo (...) Falamos do laicato, aquele que vive sua vocação, que sabe, que valoriza, que ama a Deus, que ama a Igreja, que vive sua vocação. Queremos neste ano fortalcer sua identidade, queremos fortalecer sua espritualidade (...) Essa espiritualidade do laicato deve ser contagiante, própria. uma espiritualidade toda ela fortalecida, alimentada e amadurecida na Eucaristia. Que seja esse ano para que você possa fortalecer essa sua intimidade com Deus", afirmou. 

Proposto pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Ano Nacional do Laicato teve início hoje e vai até o 25 de novembro de 2018. Este quer ser um tempo para que os leigos possam ouvir Jesus Cristo os chamando e os enviando para serem sal, luz e fermento na massa, ideias que foram lembradas pelo Arcebispo Metropolitano durante a Missa. O Ano do Laicato terá como objetivo geral: Como Igreja, Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade.

A Comissão de Leigos e Leigas da Arquidiocese de Pouso Alegre, em sintonia com a comissão nacional para o ano do laicato, tem as seguintes propostas: incentivo na participação no fórum das pastorais sociais, promovido pela Comissão do Serviço da Vida Plena para Todos; Formação paroquial para toda a liderança com o tema do protagonismo dos leigos e leigas (formação mensal); Encontros setoriais de comunidades refletindo a identidade, vocação e missão dos leigos e leigas; 

Objetivo geral

Como Igreja, povo de Deus: celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade;

 

Objetivos específicos

Comemorar os 30 anos do Sínodo Ordinário sobre os Leigos (1987) e os 30 anos da Exortação Christideles Laici, de São João Paulo II, sobre a vocação e missão dos leigos na Igreja e no mundo (1988); dinamizar o estudo e a prática do documento 105 da CNBB: Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade e demais documentos do Magistério sobre o laicato, em especial do Papa Francisco; estimular a presença e a atuação dos cristãos leigos e leigas, "verdadeiros sujeitos eclesiais" (Dap, n. 497a) como "sal, luz e fermento" na Igreja e na sociedade;

 

Ações

Conclamar toda a Igreja no Brasil: paróquias, comunidades, pastorais, movimentos, as diferentes expressões laicais e os Organismos de comunhão do Povo de Deus, na realização do Ano Nacional do Laicato; despertar e motivar iniciativas e participação dos ministros ordenados, da vida consagrada e do laicato na realização desse Ano; dialogar com os diferentes sujeitos da sociedade, promovendo a cultura do encontro e o cuidado com a vida e o bem comum, na esperança de que outro mundo é possível; envolver os meios de comunicação social nas atividades programadas para o Ano Nacional do Laicato;

 

Legados do "Ano Nacional do Laicato"

Serão os frutos da mobilização das ações dos cristãos leigos e leigas, e de toda Igreja, para que permaneçam na Igreja e na sociedade após a realização do Ano Nacional do Laicato

 

Legados para o âmbito eclesial

Criar programas de formação de ministérios leigos de coordenação e animação de comunidades, pastorais e movimentos; fortalecer a articulação das redes de comunidades (Doc. 100 da CNBB); criar o Conselho Diocesano de Leigos como preconiza do Doc. 105 da CNBB, n. 275, letra F;

 

Eventos para o Ano Nacional do Laicato

- Abertura do Ano em cada Paróquia na Solenidade de Cristo Rei (26/11/2017);

- Encerramento do Ano em cada Paróquia na Solenidade de Cristo Rei (25/11/2018);

- Seminários temáticos regionais;

- Congresso Latino-Americano e Caribenho sobre o Laicato, promovido pelo CELAM, em Mariápolis - SP (02 a 04/11/2018);

- Dia Mundial dos Pobres (18/11/2018);

- Encerramento com a Assembleia Nacional dos Organismos do povo de Deus (23 e 24/11/2018);

- Romaria do Laicato em Aparecida - SP (25/11/2018);

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: Lucas Silveira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado no dia 26/11/2017